top of page

Revista Healthcare Management

Confira esta matéria da IntuitiveCare na Revista Healthcare Management! Falamos um pouco sobre automações na troca de informações na saúde suplementar (TISS) e seus impactos no negócio hospitalar.




Plataforma iC, da Intuitive Care, proporciona automação, transparência e eficiência para o ciclo financeiro da instituição.


Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), as operadoras de saúde do Brasil movimentam mais de R$ 200 bilhões por ano. Nesse cenário, a interoperabilidade impacta diversos ramos da gestão, inclusive a financeira. Para atender a essa demanda, a Intuitive Care auxilia mais de 400 prestadores de saúde, em praticamente todos os estados do país, com mais de R$ 24 bilhões transitando por suas soluções em alguma etapa do ciclo financeiro.


“Com apenas cinco anos de história, a Intuitive já revolucionou o setor financeiro dos hospitais brasileiros: transita dados de 12% de todos os pagamentos de convênios do país e conecta o HIS — Hospital Information System - a mais de 200 portais de planos de saúde”, comenta Paulo Leite Pinto, diretor-geral da Intuitive Care.


A empresa é 100% dedicada ao setor de saúde. “O principal desafio que a Intuitive Care se propõe a resolver é a carência de interoperabilidade no departamento financeiro das instituições de saúde. Visto que, o software dos hospitais e o sistema têm fluxos de dados com diferentes protocolos de transmissão para cada fonte pagadora”, conta o diretor.


Dentre seus clientes, está o Hospital Sírio-Libanês. “O HSL contratou alguns dos principais módulos da plataforma iC, da Intuitive Care, que contemplam automações do ciclo financeiro e integrações com portais de operadoras de saúde nas etapas de envio de faturas, conciliação de recebimentos e análise da glosa”, afirma.


A capacidade de diferentes sistemas financeiros e contábeis se comunicarem e compartilharem informações permite que as transações sejam gerenciadas com maior transparência e eficiência, minimizando erros e reduzindo custos administrativos. “Quando o prestador de saúde tenta resolver isso manualmente, não só eleva custos operacionais, mas também seu tempo de operacionalização do fluxo financeiro. Com isso, afeta o tempo médio de recebimento e, ainda, aumentam as chances de perder o prazo na comunicação com as operadoras de saúde, ocasionando desperdício de receita”, ressalta Leite Pinto.


Além disso, a interoperabilidade financeira também pode melhorar a precisão do faturamento e a conformidade com os regulamentos governamentais e de saúde, garantindo assim uma gestão mais eficaz e sustentável. “A tecnologia da Intuitive Care tem o maior alcance de automações do ciclo financeiro no mercado. A plataforma iC é integrada em mais de 200 convênios em etapas de verificação de elegibilidade, solicitação de senhas de autorização, envios de faturas, conciliação de recebimentos, coleta de dados de glosa e envios de recursos de glosa”, enaltece o diretor.


A contabilidade do hospital é um desafio para todos os envolvidos. Leite Pinto conta que “a plataforma iC contribui, por exemplo, na conformidade do faturado, notas fiscais emitidas e contas a receber. A solução cuida do envio das faturas aos portais das operadoras, da geração das notas fiscais e da abertura do processo de contas a receber, tudo em sequência e vinculado.”


O sistema também é integrado aos principais HIS/ERPs de mercado. Os lançamentos dos dados de faturamento, recebimento e glosas ficam preservados no sistema de gestão oficial dos hospitais e isso é um pré-requisito para conformidade contábil. “Nosso intuito é apoiar cada vez mais instituições de saúde. Para isso, estamos trabalhando a nossa capacidade de absorção de novos clientes para reduzir a fila de implantações. A ideia é que possamos incluir novos prestadores de saúde em nosso portfólio o mais rápido possível”, finaliza o diretor.

Comments


bottom of page